Kartell: o plástico é chique

Kartell: o plástico é chique


Descubra como a famosa marca italiana Kartell transforma o plástico em artigo de luxo

Como a Kartell trouxe um material tão humilde para o topo do design de ponta? Como essa empresa transformou o plástico em algo tão icônico? O objetivo da Kartell sempre foi levar a inovação a extremos, experimentar novas tecnologias e materiais, enfrentar problemas cada vez mais complexos, apoiar a criatividade dos designers com a máxima liberdade. A empresa persegue desafios e sempre consegue estar à frente de seus tempos: a marca trouxe o plástico para dentro de casa e deu vida a uma segunda "revolução industrial", por assim dizer, na decoração de interiores.

 

kartell2 - 1.jpg

A luminária lanterna

 

Era uma vez…

Tudo começou em 1949, quando seu fundador, Giulio Castelli, decidiu aproveitar a descoberta dos novos materiais a base de polímero que o mercado disponibilizava. Sua intuição partiu de uma ideia simples: usar o plástico para criar, de maneira industrial, objetos de uso comum. Hoje pode parecer um conceito usual, mas naquela época era absolutamente à frente do tempo. Sua intenção era criar beleza através da inovação, para surpreender o mercado com algo novo.

 

kartell2 - 2.jpg

A cadeira Victoria Ghost

 

A partir deste princípio simples, nasceu a famosa linha de armários Componibili. Esta primeira peça de mobiliário projetada por Anna Castelli Ferrieri, em 1967, é o símbolo da afirmação do plástico como um material que poderia ser usado em novas formas, se transformando logo em um ícone. Originalmente chamado de “Mobili 4970/84”, logo virou uma linha e  alcançou altos níveis de sucesso. O que o público adorava era a versatilidade, a simplicidade do design mecânico e a modularidade elegante. Esse design exclusivo de móveis foi criado para ser combinado de acordo com o gosto dos clientes em um milhão de composições diferentes. Este projeto de Anna Castelli Ferrieri é um verdadeiro ícone e passou por meio século sem perder seu apelo. Com um charme que vai muito além de tendências e estilos relacionados ao tempo, a linha Componibili de Kartell é uma peça da história da arte italiana tão bela quanto as pinturas que as pessoas admiram nos museus. Até mesmo o MoMa, em Nova York, queria transformar essas peças exclusivas de móveis em parte de sua coleção permanente.

 

kartell2 - 3.jpg

Os armários icônicos Componibili em todas as suas versões.

 

Apenas uma empresa familiar

A pesquisa contínua possibilitou à Kartell adicionar novas características a este material, como acabamento acetinado, transparência, flexibilidade, resistência a agentes atmosféricos, maciez e uma ampla variedade de cores. Transformar o plástico de um objeto funcional em um item de luxo é o grande legado dessa marca. A história da Kartell é a de uma empresa "familiar": um conceito que, pelo menos aparentemente, parece difícil de se encaixar na realidade de uma marca com 120 lojas próprias e 4000 pontos de venda em todo o mundo. Mas a verdade é que os valores da marca permaneceram os mesmos ao longo dos anos, transmitidos de pai para filho (ou filha) com a mesma intensidade e paixão. É por isso que os designers da Kartell sempre alimentam sua criatividade e mantém a paixão ardente que tornou a empresa famosa.

 

kartell2 - 4.jpg

O vaso Ming

 

Marie

Com a Marie, de Philippe Starck, projetada pela primeira vez em 1999, a transparência entra no mundo dos móveis. Esta foi a primeira cadeira em policarbonato transparente, feita com um único molde. Não é difícil ver como ele se encaixa perfeitamente em qualquer concurso de design: pode ser o complemento perfeito para uma sala de estar moderna e minimalista, ou pode atuar fazendo um charmoso contraste quando combinada com alguns móveis clássicos ou antigos. A cadeira Marie, com sua surpreendente simplicidade, marcou um ponto de virada na jornada de Kartell e na história do design contemporâneo. Desde a sua criação, o plástico transparente tornou-se a assinatura da marca e um sinônimo de verdadeira elegância.

 

kartell2 - 5.jpg

A cadeira Marie

 

O barroco revisitado

Em 2002, Louis Ghost foi criada por Philippe Starck. A referência ao estilo Luís XV faz dela um símbolo do barroco revisitado. Seu poder expressivo imediatamente encanta, excita, fascina. Além disso, falando em nível técnico, é um exemplo corajoso de injeção de policarbonato em um único molde. A poltrona Louis Ghost caracteriza a imagem da empresa mais do que qualquer outro produto fabricado até então. A forma barroca revisitada, como afirma o próprio Starck, deriva da memória coletiva da cultura ocidental. Dois anos depois, em 2004, outra peça icônica foi criada por Ferruccio Laviani, seguindo a mesma inspiração: a luminária de mesa Borgie.

 

kartell2 - 6.jpg

A luminária Bourgie

 

Kartell para crianças

Alguns podem pensar que os desenhos de móveis da Kartell têm um visual ingênuo, aparentemente inspirados no mundo infantil. Bem, não é um pensamento de todo errado. A primeira cadeira da marca, na verdade, era para ser um assento de criança: em 1964, Marco Zanuso e Richard Sapper projetaram o modelo 4999, a primeira cadeira do mundo inteiramente feita de plástico para o prêmio de design Compasso D'Oro. Esta cadeira infantil ganhou o concurso e foi uma grande fonte de inspiração para o futuro da empresa. Cinquenta anos depois, a marca retoma essa veia com a linha Kartell Kids para os pequenos de 3 a 8 anos. Esta coleção exuberante incorpora os elementos que sempre caracterizaram o estilo Kartell, trazendo as peças mais famosas da marca para o mundo dos baixinhos. Afinal, um design para crianças deve ser alegre, prático e, mais importante, divertido!

 

kartell2 - 7.jpg

A cadeira Lou Lou Ghost

 

Agora, com a Eurooo, você pode ter toda a linha da Kartell em sua casa, peça hoje mesmo uma cotação.


eurooo logo
Português